quarta-feira, 13 de março de 2013

Blogueira
.
.
Espíritos...



Luzes deslocam-se no espaço e no tempo.

Isto é um fato que acontece a todo momento.
São velozes como o próprio pensamento.
Mas não o fazem apenas como passatempo.
O que então procuram? Qual a sua intenção?
Serão apenas viajeiros, cavaleiros andantes de então?
São alevinos trazidos pela maré vazante?
Ou caminheiros da luz em movimento constante?
Respostas para estas e outras questões.
Não escreveram em qualquer livro de estante.
Pense um pouco por um só instante.
E reflita sobre suas próprias ações.
Já esteve voltando a um endereço antigo?
Aquela casa onde você cresceu e viveu?
É passado, mas é um hábito que não escolheu.
Está nos genes voltar ao original abrigo.
Estaciona em frente de onde morou.
Onde começou a construir esperanças.
As experiências que ali vivenciou.
Retornam vivas a suas lembranças.
Olha para os lados, devagarinho
“Será que alguém me reconheceu?”.
“É melhor ir saindo de mansinho”.
“Antes que perguntem quem sou eu”.
Da mesma forma os espíritos fazem-se presentes.
Uns buscam compreender seus passados.
Outros levam luz àqueles, seus descendentes.
Mesmo a quem não conheceu antepassados.
Para entender isso mais que plenamente.
Tenha em mente os que enfrentam a forte corrente.
Salmões e tartarugas, para desovar a semente.
Nas praias, rios, lagos e nascentes.
É uma força maior que nossa vontade.
É instinto? Curiosidade? Pesquisa?
Está resposta é muito fácil e precisa.



“É nossa eterna busca pela verdade...”.


Autor: Josué Fernandes



29 de maio de 2009.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011